Renda branca


"Triste daqueles que possuem olhos marejados de amor por quem nem sempre tem tempo para aprecia-los."

...Sem marcha fúnebre nem paliativos.Foi-se embora tudo aquilo(medo),pelo ralo.
Pintor: -Começar apostando fichas agora é um pouco perigoso,não acha?
Amelie: -De que me serviriam todos esses cofres,senão para coloca-los à prova?!Viver requer ousadia,medo,covardia...
Pintor: -Recompor teu ninho,refazer a estrada,construir novo caminho menina...
Amelie: -Covardia.Suficiente para me fazer não acreditar nos meus medos,infames...Preciso dela,e ela de mim.
Pintor: -Abster-se de coragem para aceitar o frado e sonhar?
Amelie: -Viver!

"Rendinhas brancas,vilarejo pobre,olhos de menina.Sucumbida de desejo,amando sem desejo,luz branca,diamante em  pensamentos,soltos,acompanhados por palavras doce de menina.Por mais que fosse verdade,não acreditaria.O amor assim como a vida pra ela não existiria."

4 Atrevidos:

Sharisflips disse...

sabe,sinceramente?
não entendi.

!'um insuportar quase que diário'! disse...

se vc lê as outras postagem vc entende!! haha

Luiz Brisa disse...

gostei do blog espero q cresça
mas eu axei meio confuso essa post não tendi direito


http://vagalnerdkawai.blogspot.com/

!'um insuportar quase que diário'! disse...

se vc lê as outras postagem vc entende!!²